Ingestão de alimentos estimulantes está associado ao desenvolvimento de parassomias em crianças

Objetivos: Verificar se hábitos de alimentação noturna, influenciam parassonias em crianças.

Método:  Sete escolas particulares e ter escolas públicasdo Ensino Fundamental, fizeram parte do estudo. Um total de 595 Escalas de Distúrbios de sono para crianças foram distribuídos para os pais de crianças de 7 e 8 anos. Dados recordatórios alimentar, período escolar, atividade físicas e stado nutricional foram estudados.

Resultados: dos 226 questionários preenchidos 92 (41%) REALATARAM A PRESENÇA DE PARASSONIAS. Meninas tiveram 2,3 vezes mais chances de parassonias em relação aquelas que consumiram alimentos não estimulantes. Não houve diferença entre os grupos em ralação ao tipo de alimentos ou ultimo horário da ultima refeição antes de ir para a cama.

Conclusão: Nossos achados sugerem que a ingestão de alimentos estimulantes esta associado com o desenvolvimento de parassonias em crianças.

Obs: Artigos transcritos dos Arquivos de Neuro-Psiquatria